St. Valentine’s Day: 36 questões para se apaixonar, re-apaixonar e se apaixonar loucamente

O comércio irlandês mal finalizaram as ofertas de Natal quando já deu início a mais uma nova etapa de promoções, só que agora para o Dia dos Namorados, ou melhor dizendo St. Valentine’s Day.  (o Dia dos namorados no Brasil é só em Junho). 

Na Irlanda, St. Valentine’s é tão especial como qualquer outro feriado, por isto os casais apaixonados terão várias maneiras de desfrutar desta data, podendo viajar ao redor da Irlanda pra aproveitar das belas paisagens, saindo para um jantar romântico, ficando uma noite de estadia em um hotel muito luxuoso, e assim por diante. Entretanto, sera que esta data não tem sido subestimada como uma ótima oportunidade de conhecer mais de perto os nossos parceiros.

Amor e Ciência

Um estudo realizado pelo psicólogo Arthur Aron, que se tornou mundialmente conhecido após um artigo que está sendo publicado no New York Times, mostra que a melhor maneira de nos aproximarmos de outras pessoas (estranhos) é explorando a sua intimidade. Aron (e outros) formulou 36 perguntas que vão dos assuntos mais básicos até aqueles que tocam no fundo da nossa alma.

O experimento funciona da seguinte forma: após dois estranhos terem perguntado e respondido um ao outro todas as 36 perguntas, eles devem ainda olhar nos olhos de cada um de 2 a 4 minutos. O experimento é bem provocativo quando afirma que 36 perguntas seriam capazes de fazer dois estranhos se apaixonarem. Contudo, realmente nos faz perguntar se seria possível. Se assim fosse, que revolução no quesito de amor.

O fato mais interessante é que quando Mandy Len Catron aplicou o teste à sua vida pessoal, funcionou. Ela se aapaixonou pelo o seu amigo. É claro que a história se tornou um viral e, com isso, ajudou o estudo a se tornar conhecido mundialmente. Mandy escreveu sua história de amor e publicou com o seguinte título: para se apaixonar por qualquer um, faça isso (To fall in love with anyone, do this).

Funcionou para ela e talvez para muitos outros. Quer saber se eles continuam juntos? Depois de meses, ela deu uma palestra sobre TED que você pode verificar abaixo:

 

Vamos explorar a nossa intimidade?

Voltando ao St. Valentine ‘ s Day, aqui está a nossa proposta. Se é possível se apaixonar por um estranho após 36 perguntas, o que aconteceria quando atuais parceiros se permitessem se tornar-se tão vulnerável quanto possível? Seria possível se re-apaixonar ou se apaixonar ainda mais ao tentar este experimento?
Assim sendo, esta é a principal sugestão que temos para o dia de St. Valentine ‘ s Day em Dublin.

Desde outubro de 2018, a exposição chamada Intimacy está na Science Gallery. Esta exposição traz vários tipos de atividades para todas as idades, onde você pode ir bem fundo na compreensão de sua própria intimidade, bem como seus amigos e parceiros.

Lá você pode ter um tempo para percorrer as perguntas 36 com seu parceiro ou até mesmo um ficante mais recente do Tinder ou que o amigo que está muito perto de você, mas que você nunca imaginou vocês juntos (por que não?). Vale a pena tentar.

Naturalmente, você pode apreciar todas as outras ofertas para o dia do St. Valentines, mas apostamos que vale a pena conhecer melhor a você mesmo e ao seu amante!

A amostra estará disponível até o dia 24 dia de Fevereiro. Então, corra!

Exibição INTIMACY
Entrada gratuita.
Website: https://dublin.sciencegallery.com/intimacy/
• Terça–Sexta-feira: 11:00-19:00
• Sábado-Domingo: 12:00–18:00
• Fechado: Segundas.

Há ainda muitos outros experiementos para você. Veja a lista abaixo e divirta-se !

Hello Machine

Hello Machine são telefones (orelhões) situados em diversos locais do mundo com diferentes fusos horários. Pegue o receptor para ligar para outra Hello Machine, e ter uma conversa espontânea com um estranho. Até à data, mais de 20.000 chamadas foram feitas em Hello Machine. Quem vai estar do outro lado da linha para a sua chamada?
Coupled Gesture

Coupled Gesture

Através desta instalação, os visitantes são incentivados a desenhar com os entes queridos e estranhos, cultivando interconexão e intimidade, e eles vão experimentar orientar-e ser guiado por-o movimento de seu parceiro.

Companion Cat

O Companion Cat ou o Gato companheiro olha sente e soa como um gato real, mas não exige nenhum cuidado ou alimentação especial. Desenvolvido como um produto para a saúde e bem-estar dos adultos na etapa do envelhecimento, os gatos eletrônicos respondem ao dono, ao aperto e ao movimento muito como se fossem reais.

Qual é o tamanho do seu espaço pessoal?

Os seres humanos estão constantemente a utilizar os seus mecanismos de definição de distância interior no mundo social, defininado a distância mínima ao começar um relacionamento. Mas nem nós todos usamos a mesma escala ao medir o espaço pessoal. Será que às vezes nos intrometendo na zona pessoal de outra pessoa sem estar ciente disso? Esta experiência permite que você encontre seus próprios limites de espaço pessoal, e veja como eles se relacionam com os limites dos outros.

Science Gallery
Science Gallery

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *