Guia para estudantes como viajar muito e gastar pouco

Tradução: Amanda Melo

A motivação que leva pessoas de todo o mundo a vir para a Irlanda não é apenas estudar inglês. Eu realmente acredito que quando as pessoas decidem vir para um país europeu para aprender um idioma também é porque querem ter uma experiência completamente diferente nas suas vidas. Na minha opinião, isso geralmente significa ter a oportunidade de viajar e visitar o maior número possível de lugares incríveis. Além disso, muitos de nossos alunos vêm de países muito distantes, como Coréia do Sul, Malásia, Panamá, Argentina ou Brasil, por isso é muito comum que eles desejem aproveitar ao máximo seu tempo na Europa.

Mas há um problema: os alunos geralmente não têm muito dinheiro e viajar pode ser uma atividade cara. No entanto, seria uma pena deixar de fazer algo que nos deixa tão felizes e nos permite conhecer melhor a nós mesmos através dos desafios que a viagem nos propôe. Por esse motivo, você precisa ter as melhores informações para gastar o mínimo possível de dinheiro e viajar o máximo possível!

Quando e onde comprar passagens aéreas

A primeira coisa que você deve ter em mente é que, se você quiser manter seu orçamento, não poderá viajar na alta temporada. Não escolha a Espanha no verão ou a Suíça no inverno, porque isso vai custar uma fortuna. Se viajar na baixa temporada, encontrará preços mais baratos para passagens aéreas e reservas de acomodação.

Além disso, minha maneira favorita de encontrar um bom voo é através do mecanismo de busca de voos Skyscanner ou diretamente de sites de empresas de baixo custo, como Ryanair ou Aer Lingus. O preço dos voos varia consideravelmente, dependendo do mês, dia e hora do voo. O Skyscanner, por exemplo, permite comparar preços de voos para um mês inteiro, para que você possa ver em quais dias é mais barato viajar. Além disso, se você evitar viajar nos fins de semana e selecionar viagens com paradas, o preço do voo será ainda melhor.

Se você quer apenas viajar e descobrir novos lugares, não importa exatamente onde, o Skyscanner tem uma ferramenta muito interessante para isso. Ao selecionar “Para qualquer destino”, ele gerará uma lista dos voos mais baratos do aeroporto local em ordem de preço.

Além disso, não se esqueça de pesquisar no seu navegador usando a janela anônima. Essa ferramenta impedirá que o histórico da Internet seja armazenado, para que o site não se lembre de cookies e informações, e o algoritmo não aumentará o preço do voo se você decidir comprá-lo mais tarde.

Acomodação: couch surfing, hostel ou Airbnb

Encontrar acomodação é provavelmente a parte mais cara de viajar pelo mundo, por isso precisamos verificar e reservar com tempo suficiente para obter os melhores preços. Meus sites favoritos para encontrar acomodações são booking.ie e hostelworld.com. Ao escolher a acomodação, você deve procurar os albergues, que são mais baratos que os hotéis ou as pousadas. Muitos deles têm uma excelente atmosfera; cheio de jovens e viajantes de países estrangeiros. Quando você encontra um albergue com um preço razoável, deve analisar a classificação geral dos revisores e comentários das pessoas que estiveram lá para verificar se vale a pena.

Ao viajar com um grande grupo de amigos ou parentes, a melhor opção é o Airbnb. É um site social que conecta pessoas que possuem propriedades para alugar com pessoas que precisam de um lugar para ficar durante as férias. Existem milhares de opções, incluindo apartamentos, onde um grupo de amigos pode ficar por um preço razoável e, geralmente, é mais barato do que ir a um hotel. O site é muito útil e fácil de usar e, após a reserva, o proprietário entrará em contato diretamente com você para confirmar sua estadia em sua casa.

Mas, se você não quer gastar um centavo, há uma boa opção que experimentei pessoalmente que recomendo fazer pelo menos uma vez na vida: Couch Surfing. É um site em que as pessoas oferecem a possibilidade de permanecer na sua casa, totalmente gratuito, em uma sala vazia ou simplesmente no sofá. Nesse caso, o que eles estão pedindo em troca não é dinheiro, mas uma experiência intercultural. Esta oportunidade única permitirá que você não apenas economize dinheiro, mas também viva a experiência autêntica de ficar com um local que recomendará as melhores partes dos lugares que você está visitando e tudo sobre a nova cultura que está descobrindo.

Comida barata não significa comida pouco saudável

O terceiro aspecto a ter em mente é comprar comida. É claro que precisamos comer durante as férias, mas economizar dinheiro não significa necessariamente comer comidas pouco saudáveis. De modo nenhum! A informação é poderosa, por isso precisamos pesquisar! Tente evitar restaurantes turísticos, que geralmente são mais caros, e pergunte às pessoas locais onde comer. Eles saberão melhor do que ninguém onde comer boa comida por um bom preço. Outra boa opção é comprar comida no supermercado, que é mais barato, e cozinhá-lo na cozinha compartilhada do seu albergue.

____

Este blog pertence à NED Training Centre. Você sonha em estudar inglês e avançar na sua carreira profissional? Fale com a gente! http://www.ned.ie  ☘ ✈ 🇮🇪 Invista no seu futuro! – – ☎ +353 (0) 1 8783047
📩 info@ned.ie 💬FB Messenger

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 14 =